Pesquise pelo blog

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Aniversário do Grupo de Oração Unidos no Senhor Jesus.

Você sabe quantos padres tem no Brasil???


Até o dia 1º de maio de 2010, a Igreja contava com 18 mil padres no Brasil.

E mais de 100 milhões de fiéis. Isso significa que cada padre tem que atender a mais de 5555 fiéis.

Agora faça essa conta comigo:

· 10% de 18 mil padres = 1.800 padres

· 1% de 18 mil padres = 180 padres

· 0,1% de 18 mil padres = 18 padres

· 0,01% de 18 mil padres = 1,8 padres

Quantos padres brasileiros estão envolvidos em escândalos pela mídia? 2 ou 3?

Isso significa menos de 0,02% de todos os padres do Brasil!

· E os outros 99,98%?

· Nós vamos condenar todos os padres por causa de 2 ou 3?

· Nós vamos deixar de acreditar em 11 Discípulos porque Judas traiu Jesus?

· Nós vamos deixar de acreditar no Senhor por causa disso?

· Deixaremos de ir à Igreja e de comungar por causa da mídia escandalosa?

Pense bem: mesmo você sendo pecador e imperfeito,

mesmo com dúvidas, mesmo que você se afaste da Igreja de Cristo, mesmo assim Jesus morreu por você!

Pense nisso com carinho.

Dom Eduardo Pinheiro da Silva

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Noite de Aleluia!!!!

O Ministério Jovem da RCC tem a honra de apresentar mais uma noite de oração:

quinta-feira, 25 de março de 2010

Paixão de Cristo -TEATRO

Clique na Imagem para melhor visualizar.

terça-feira, 23 de março de 2010

O Vaticano não é rico

""O Vaticano não é rico"". Entrevista com John L. Allen Jr.

Instituto Humanitas Unisinos

Para que John L. Allen Jr., 44 anos, chegasse aonde está, um Papa teve que morrer. Porque foi só quando João Paulo II faleceu que esse jornalista, que se dedicava à docência em um colégio na Califórnia, enfrentou os microfones. Nessa oportunidade, foram os da CNN, onde ele hoje é analista do Vaticano. Mas depois, Allen começou a publicar colunas e comentários em meios de comunicação como o New York Times e o National Catholic Reporter. Não foi preciso muito tempo para que ele se convertesse no vaticanista mais respeitado do meio. Alguém que sabe, por exemplo, como chega e como é administrado o dinheiro santo.

A reportagem é de Andrew Chernin, publicado na revista Qué pasa e no sítio Religión Digital, 31-10-2009. A tradução é de Moisés Sbardelotto.

Eis a entrevista.

Como a Igreja e a Santa Sé se financiam?

O orçamento anual do Vaticano é de US$ 300 milhões. Basicamente, eles têm três fontes de renda: a primeira são as doações de igrejas locais e conferências de bispos em todo o mundo. As paróquias são obrigadas a entregar dinheiro às dioceses, e as dioceses são obrigadas a entregar dinheiro para o Vaticano.

Qual é a segunda?

Os investimentos. Em 1929, a nova República italiana pagou ao Vaticano uma enorme quantia por todas as propriedades que ela lhe havia confiscado. Essa quantidade, que hoje seriam de várias centenas de milhões de dólares, foi investida em uma carta de investimentos de bônus e ações que ainda existe e que, a cada ano, entrega renda ao Vaticano.

Resta a última.

O Vaticano é dono de cerca de 700 propriedades, principalmente em Roma, mas também em toda a Itália. Muitas delas são arrendadas a companhias e a pessoas, como lojas ou departamentos. Então, a cada ano, há dinheiro que chega por esse caminho.

Isso é suficiente?

Todo ano, em geral, eles andam muito apertados com esse orçamento, e não se sabe se ganharão o suficiente para pagar os gastos do Vaticano.

Falo das doações. São muito fundamentais?

Cobrem 50% do orçamento anual. As outras duas contribuem com 25% cada.

Em quanto estão avaliadas as propriedades?

O Vaticano diz que seu patrimônio, que inclui bens raízes, chega a US$ 770 milhões. O grosso dessa cifra são as propriedades. Então, no total, a avaliação deveria se aproximar dos US$ 500 milhões.

Eles estão com números vermelhos ou azuis?

Desde o final da década de 70 até o começo dos 90, eles estavam com números vermelhos quase todos os anos. Depois, chegou um cardeal norte-americano de Detroit encarregado da operação financeira, que era conhecido por ser alguém habilidoso com o dinheiro. Ele corrigiu o déficit, e eles obtiveram números azuis por vários anos. A partir daí, veio uma crise financeira, e voltaram a ter números vermelhos, mesmo que o déficit não tenha sido muito grande. Em geral, a Igreja não obtém excedentes significativos.

Então não se poderia dizer que a Igreja é rica.

Eu colocaria desta forma: o orçamento operativo da Igreja é de US$ 300 milhões. Nos Estados Unidos, a Universidade de Notre Dame – que é a maior universidade católica do país – tem um orçamento operativo de mais de US$ 1 bilhão. Isto é, pode financiar o Vaticano três vezes. O patrimônio do Vaticano – quase US$ 800 milhões – é semelhante

sábado, 20 de março de 2010

sexta-feira, 19 de março de 2010

Proclama a Palavra, anuncia a Boa-Notícia!

(Mensagem do Presidente do Conselho Nacional da RCC-BRASIL)
Prezados irmãos e irmãs,

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo!
Neste ano, a Renovação Carismática Católica do Brasil entendeu que, na seqüência da temática de 2009, quando proclamamos o Senhorio de Jesus, seria oportuno dar um acento especial à Palavra de Deus.
Alegra-nos tal decisão, pois se trata de um discernimento maduro, que certamente nos ajudará a crescer em nossa identidade, que se fundamenta na prática das primeiras comunidades cristãs, na tradição testemunhada principalmente pelos escritos do Novo Testamento, como nos descreve o livro dos Atos dos Apóstolos.
A temática “Proclama a Palavra, anuncia a Boa-Notícia!” tem por base a II Carta de Paulo a Timóteo (II Tm 4, 1-5). Com isso, queremos dar uma resposta ao mundo que nos apresenta tantas más notícias, mergulhado numa cultura que desvaloriza a vida e que, sem pudor, deprecia a fé cristã.
Nos dedicaremos também, de forma muito especial, à leitura do livro de Neemias, profeta que nos inspira, por ter unido seu povo para a grande empreitada de reconstruir as muralhas de Jerusalém.
Sim, tendo a Palavra de Deus como luz que ilumina nosso caminho (Sl 119, 105), nos sentimos encorajados a dar passos firmes e enfrentar os obstáculos e desafios, muitas vezes superiores às nossas capacidades humanas. Sim! A palavra de Deus nos lembra suas promessas e fidelidade para com aqueles que fazem sua vontade e se colocam sob o seu olhar.
Para ajudar nesta tarefa, a RCC editou uma obra, um livro que nos orienta como ler toda a Sagrada Escritura1, também compusemos uma música que já esta sendo cantada em todo o Brasil2 e estamos inaugurando nosso primeiro curso a distância sobre Bíblia3.
Passado nosso Encontro de Formação de Coordenadores e Ministérios, estamos agora nos preparando para nosso XXIX Congresso Nacional, em Belo Horizonte, um momento que reunirá toda a Renovação Carismática, para viver e celebrar a vida que brota da Palavra de Deus.
Este assunto será tratado com mais detalhes em nossos veículos de comunicação. Deixo aqui o convite para que toda a RCC se prepare para este evento tão bonito e esperado a cada ano.
Além disso, pedimos que cada Grupo de Oração incentive seus integrantes a terem em mãos a Bíblia em suas reuniões, que nossas pregações e orações sejam Nela fundamentadas, através de uma fé expectante de que a Palavra do Senhor nos fortalece e nos batiza com o Espírito Santo!
Fraternalmente,
Marcos Volcan – Presidente do Conselho Nacional da RCCBRASIL
___

1 - Bíblia Sagrada. Luz e abrigo para a aventura da vida de Reinaldo B. dos Reis (www.rccshop.com.br).
2 - Maranatá: Grito de Pentecostes (disponível em nosso portal: www.rccbrasil.org.br
3 - Trata-se do primeiro curso do Instituto de Educação a Distância da RCCBRASIL. Mais informações em nosso portal.